Torcida vascaína deu um show no Maracanã contra o Cruzeiro Torcida vascaína deu um show no Maracanã contra o Cruzeiro

No Maracanã não! Vasco contesta decisão desfavorável do Consórcio

Mais problemas na relação entre o gigante da colina e o consórcio que administra o estádio

Mais uma vez o que ganha às manchetes do Vasco é a briga entre ele e o Consórcio Maracanã. Nesta semana, a administração do estádio vetou que o jogo do gigante da colina contra o Sport fosse disputado no local, dia 3 de julho. Uma das justificativas dadas, é que o Fluminense disputará uma partida no local no dia anterior, e o gramado ficará desgastado. 

O Vasco enxerga a decisão como uma espécie de retaliação pelos problemas relatados após o jogo contra o Cruzeiro. Na época o cruzmaltino comprou uma briga em relação ao aluguel do estádio e seu custo que não lhe agradava. Mas o Fluminense também havia disputado uma partida na véspera do Vasco, e isso não foi impedimento, com o gramado estando em bom estado inclusive.

O vice-presidente do Vasco comentou a decisão do estádio em vetar o jogo do cruzmaltino no local:

Com essa decisão, o consórcio fecha as portas do Maracanã para o Vasco e sua torcida. Não há justificativa plausível para impedir a realização de nossa partida contra o Sport no maior estádio do Rio de Janeiro, que é um equipamento público. Não se pode aceitar tratamento diferenciado entre os grandes clubes cariocas. Esperamos que o bom senso possa prevalecer e que essa decisão seja revertida – disse Carlos Roberto Osório, primeiro vice-presidente Geral do Vasco.

O cruzmaltino chegou a fazer um levantamento de jogos que foram realizados com prazos de menos de 24h um do outro para contestar a decisão tomada pela a administração do estádio perante ao aluguel.

Ano 2020

Ano 2021

Ano: 2022

Notícias relacionadas

Mais Notícias

Mais Notícias