Marcelo Mattos em sua apresentação no Vasco Marcelo Mattos em sua apresentação no Vasco

Ex-jogador cobra valor milionário do Vasco na justiça

Volante atuou no Vasco de 2016 a 2019

Ao que parece o caldo entornou para o cruzmaltino. Após uma perícia judicial, Marcelo Mattos tem novos argumentos contra o clube na ação movida na justiça. O ex-jogador que passou pelo clube entre 2016 e 2019, entrou na Justiça do Trabalho no Rio de Janeiro, alegando erros médicos durante tratamento de lesão no clube.

O jogador está cobrando cerca de R$ 8 milhões de reais do clube. O ex-atleta entrou na justiça em março de 2021, onde a juíza Cristina Almeida de Oliveira solicitou um laudo pericial. Agora com o desfecho do laudo, e com ele anexado ao processo, um novo julgamento será marcado. 

Nesse laudo, atesta que o Vasco negligenciou o tratamento do jogador, que Marcelo Mattos, foi operado precocemente, sentiu dores após operação, e voltou aos treinamentos quatro meses depois. Todos esses motivos teriam desencadeado novas lesões no jogador, e menor mobilidade ao seu joelho. 

Além disso, o perito ainda informa que o quadro pode ter feito o jogador ter desenvolvido depressão, vitiligo e artofibrose. Sequelas alegadas por Marcelo Mattos na justiça. Em entrevista ao site ge, o jogador falou sobre seu sentimento com tudo que ocorreu.

O laudo trouxe uma novidade, algo que eu não tinha me atentado. Ele apontou que a cirurgia foi realizada dois dias após a lesão. Não época eu não me liguei. Agora as coisas estão batendo. Tinha que desinchar o joelho antes da operação. Três dias depois da cirurgia fui parar no hospital. Eu não conseguia ficar em pé, minha perna latejada, sentia um líquido e fui para o hospital – 

O ex-jogador ainda complementou:

– Estou revoltado. Achava que tinham errado o prazo da volta. Mas isso não tem condições. É claro que os médicos sabiam. Fiz cinco cirurgias, peguei uma bactéria no joelho, corri risco de vida, uma cirurgia dessas poderia ter desandado. Foi uma irresponsabilidade muito grande o que fizeram comigo. A Justiça está sendo feita. Estou mais aliviado. Não vai ficar só por isso. Estou pensando o que será feito. Vou entrar na Justiça contra os médicos. Você não tem noção o que eles fizeram com a minha vida, com o meu psicológico e com a minha família. Isso tudo abreviou a minha carreira.

Notícias relacionadas

Mais Notícias

Mais Notícias