Em ação contra a pirataria, clube brasileiro fatura R$ 500 mil com venda de camisa oficial Em ação contra a pirataria, clube brasileiro fatura R$ 500 mil com venda de camisa oficial

Em ação contra a pirataria, clube brasileiro fatura R$ 500 mil com venda de camisa oficial

Camisas foram vendidas ao valor de R$ 50

A saber, um clube muito tradicional brasileiro preencheu as manchetes nesta terça-feira (29) por um motivo inusitado e consciente.

Trata-se do Paysandu, que iniciou uma campanha chamada “Tira pirata, veste Lobo”, com intuito de inibir o consumo e vendas piratas dos artigos esportivos em geral.

De acordo com o Paysandu, a campanha buscou “garantir a experiência de adquirir o manto bicolor ao torcedor que nunca teve a oportunidade de comprar uma camisa oficial de jogo”. 

Em suma, o Papão faturou cerca de R$ 500 mil com a venda de sua camisa oficial, a preço de R$50,00. 

Por fim, a iniciativa também contou com um apelo pela doação de camisas piratas nas nove lojas da Lobo. Tudo será reciclado posteriormente.

Foto Destaque: Divulgação/Twitter/Paysandu

Notícias relacionadas

Mais Notícias

Mais Notícias